No Banner to display

Notícias
PSYCHO CARNIVAL 2013: Saiba mais sobre as bandas que tocarão nesta edição

cartaz-psycho

Aqueçam os motores zumbizada, a edição 2013 do Psycho Carnival está se aproximando rapidamente. E como já é de costume, uma programação bem completamente insana está programada. Serão 26 bandas divididas em seis dias de shows. Segue abaixo o vídeo de divulgação do evento, o cartaz oficial e a programação principal, dos shows do Espaço Cult, contendo um breve release de cada banda:

Clip de divulgação do Psycho Carnival 2013

 Sexta feira . 08/Fev

THE MONSTERS (Swi) – 01:15hs / 02:45hs

psychocarnival2O The Monsters foi formado em 1986 na pequena cidade de Bern, capital da Suíça. Seu som é uma mistura barulhenta de sonoridade sessentista com punk de garagem, rockabilly selvagem e rock’n roll primitivo totalmente na na contramão da MTV e outras modas. Sua formação conta com a chamada “batera clone”, onde dois bateristas tocam um de frente para o outro, com as baterias montadas usando o mesmo bumbo, um batendo de cada lado, como um espelho. Durante sua carreira, a banda já registrou sete discos completos e incontáveis singles, EP’s e participações em compilações. Os Monsters tem o costume de serem alucinados ao vivo e colocam qualquer palco abaixo. Atualmente a banda é formada por: Beat-Man (Guitars/Vocals), Janosh (Bass), Di Putto (bateria 1) e Swain Lee (bateria 2).

HILLBILLY RAWHIDE (Cwb) – 23:40hs / 24:40hs

psychocarnival6

O Hillbilly Rawhide foi formado em 2003, com a proposta de tocar um estilo feito por poucos no Brasil, misturando muito Country- Hillbilly- Western – BoogieWoogie-Psychobilly – Bluegrass – Blues. Os caras tocam em vários tipos de bares e lugares pelo Brasil afora, principalmente em sua cidade, Curitiba. No final de 2005, antes do primeiro álbum, fizeram um MCD independente (“High on the Road”), e logo depois foi a vez do seu primeiro registro: treze músicas pro álbum batizado “Ramblin’ Primitive and Outlaw!”, que foi lançado em 2006 pela Crazy Love Records, da Alemanha, com distribuição mundial e o nome mudado para “Ramblin’, Primitive, Outlaws!”. No Psycho Carnival do ano seguinte, foi lançado no Brasil pela Funeral Music, de Curitiba. Em 2008 foi a vez do EP “FNM”, pela Corleone Records, de Piracicaba-SP, que apresenta três composições próprias e uma versão. Atualmente o Hillbilly está divulgando seu novo trabalho, Lost and Found (2011).

BROWN VAMPIRE CATZ . (Ldna) – 22:40hs / 23:20hs

psychocarnival5

A The Brown Vampire Catz é considerada como uma representante clássica da música psychobilly, visto que seu repertório na grande maioria, embora com um ritmo mais rápido pela marcação da bateria, é repleto de riffs de guitarra sem distorção, com acordes simples e alguns solos bem elaborados, por Preto Aranha. Em 2010 eles tocam no Psychomania Rumble e fazem mais alguns shows pela Alemanha e Holanda, durante o começo do verão europeu. Em janeiro de 2011 lança na internet um Dvd-Demo – “LIVE IN LONDRINA”, gravado em novembro de 2009 durante o Demo Sul, sob a produção da RGB7 Cinema e direção do Jobert Castro. Este Dvd foi lançado em meio de mídia digital, ainda no primeiro semestre de 2010. Outro projeto importante é a gravação do segundo disco no ano de 2011.

MYSTERY TRIO . (Cwb) – 21:45hs / 22:25hs

psychocarnival25

Mystery Trio é uma banda de Curitiba formada em 2007 por Elvis Martinatto (Vocal / Violão), Beto Glaser (guitarra) e Luiz Fireball (contrabaixo acústico). Começaram com o nome de Flatheads, mudado depois para Mystery Trio. Com trio básico de violão, contrabaixo e guitarra, como era feito nas origens do Rockabilly eles começaram a compor e interpretar canções combinando elementos do Western Swing, do Hillbilly Bop e do Rock n’ Roll ao Rockabilly para criar suas próprias músicas. Em 2010 lançaram o EP “Smells like hot rod spirit”. Em 2011, a banda foi contratada pela Bad Habits Records, a mais importante gravadora brasileira de Rockabilly, que lançará seu aguardado primeiro álbum intitulado “Turn on the Key” estará disponível pra todos aqueles que têm sede pelo velho Rock n’Roll.

CWBILLYS  (Cwb) – 21:00hs / 21:30hs

psychocarnival4

Banda formada em 2006 por Bruno B. Rocker, Dani Cash e Pepeu Flukeman com o intuito de tocar o clássico Rock’nRoll, Rockabilly e Psychobilly. As músicas próprias e letras em português falam sobre hot rods, pin ups, bebedeiras, caipiras, noitadas e monstros. Em 2007 é lançada a primeira demo, intitulada ‘Single’,com 5 faixas próprias. Em 2010 o CWBillys é convidado para participar do projeto ‘Gravando Curitiba’ da Fundação Cultural de Curitiba. Em 2011 por motivos pessoais Duma deixa a banda e dá lugar à Clau Sweet Zombie (As Diabatz). Atualmente a banda está gravando no estúdio Clinica Pro Music, em parceria com o selo Zombies Union, seu 1° álbum, que será chamado de ‘Psycho-Rocker até os Ossos’ previsto para o início de 2012.

MOVIE STAR TRASH (Cwb) – 20:15hs / 20:45hs

psychocarnival66 A Movie Star Trash foi formada em 2012 por Davi Dornellas (Guitarra), Nei Rodrixxx (Baixo – Ovos Presley) e Matheus Moro (Bateria) e toca surf music instrumental. São influenciados por bandas dos 90’s e 00’s: Man or Astroman, Space Cossacks, Penetrators, e as brasileiras: Maremotos, Retrofoguetes, Dead Rocks, Estrume’n’tal, Stanley Dix e Kosmic Gorillas. Influências de sonoridades “western” também podem ser percebidas. Seu som viaja pelas profundezas marítimas, na imensidão espacial e entre as mais terríveis criaturas terrestres. 

 Sábado . 09/Fev

FRANTIC FLINTSTONES (UK/Ger) – 01:15hs / 02:45hs

psychcarnival666Sua primeira formação remete ao ano de 1986, quando o vocalista Chuck Harvey e companhia se apresentaram na Universidade de Oxford, chamando atenção da imprensa local. Não demorou para gravarem o primeiro EP, “Bedrock”,  pela Raucous Records uma verdadeira relíquia do psychobilly. O EP vendeu bem e um pouco depois eles lançaram um album por um outro selo, a Nervous Records  “Nightmare On Nervous”. Após o lançamento desse disco, Chuck sofreu um ataque cardíaco, todos pensavam que era o fim da banda. Mas não muito depois, Chuck voltou como se nada tivesse acontecido.No final da década de 80, lançaram o album mais sinistro e pesado da banda, “The Nightmare Continues”. Em setembro do mesmo ano, a banda veio pela primeira vez ao Brasil, a tour “World Doination Muh” passou por São Paulo, Londrina e Curitiba, durante o 13º Psychobilly Festival, morou por dois anos em Curitiba, onde assumiu a identidade de Cha Cha Chuckers, foi uma das principais atrações da décima edição do Psycho Carnival de 2009. Retornam agora em 2013 na décima quarta edição do festival.

SICK SICK SINNERS (Cwb/Roça) – 23:40hs / 24:40hs

psychocarnival8

O Sick Sick Sinners nasceu no final de 2005, em Curitiba, Brasil. Depois de algumas mudanças no line up, Vlad (guitarra e vocal) e Cox (baixo e vocais) agora se juntou com Emiliano (bateria e backing vocals). Em 2006 a banda tocou em vários festivais e shows no Brasil e foi para o EUA para tocar como headliners em dois shows, um deles foi realizado no Hut Doll, Anaheim e na Glasshouse, Pomona. De volta ao Brasil eles gravaram a primeira demo, chamada “We are The Sick Sick Sinners” e com a ajuda da internet foram convidados, pouco tempo depois, para gravar um álbum pelo selo alemão Crazy Love Records. “Road of Sin” é um álbum de 13 músicas lançado na Alemanha pela gravadora Crazy Love e no Brasil pela Monstro Discos. Pouco depois do primeiro álbum ser lançado, vieram as turnês nos Estados Unidos, México, América do Sul, Europa e Brasil. A banda está trabalhando em seu novo álbum “Hospital Hell” EP, a ser lançado pela Zombies Union no Brasil, e Beat Records Loveless nos EUA. O som da banda é o que eles chamam de “Psychobilly Maldito”, que é uma mistura de psychobilly com punk rock’n roll.

CRAZY HORSES (Cwb/Ldna) – 22:40hs / 23:20hs

psychocarnival9

Originários de Londrina, o Crazy Horses passou por varias mudanças na sua formação, após um longo período parados Jhonny Horse resolve voltar com seus projetos ativando Junkie horse e entrando Marine Horse em lugar de Dead Horse, que foi trotar por terras alheias e assim com uma proposta mais terrível e um som mais doido ressurge das cinzas. A banda hoje se prepara pra mais um novo disco “Drug Cup”, conquistando simpatizantes não só no Brasil mais em outros países como Japão E.U.A e parte da Europa. A banda já tocou em importantes festivais, onde tem levado a loucura seus fãs.

ATOMIC ROTORS (Fra) – 21:45hs / 22:25hs

psychobilly666

Fundado na França em 2011, o Atomic Rotors logo se destacou em seu país. Influenciado por nomes como Reverend Horton Heat, Batmobile, Hank Willians III, Johnny Cash, filmes do Elvis filmes e de Tarantino, Ed Wood ou pela pornografia sueca dos anos 70, O Atomic Rotors sua gasolina, rock’n’roll, cigarro e cerveja. O grupo em suas várias formações já dividiu o palco com Barrence Whitfield, Frantic Flinstone, Demented Are Go! e MadSin. Depois de algumas mudanças de guitarristas, sua formação se estabilizou em torno de Jerome Rock (vocal), Charlie Little (bateria) – membros originais do grupo -, PunkyWillou (guitarra) e Willy (baixo). Psyco, surf, garage rock, punk, tudo foi misturado e passou para a fábrica para ser cuspido em forma única, tudo costurado pelo tom de voz de Jerome.

BAD MOTORS (Sor) – 21:00hs / 21:30hs

psychocarnival14

A banda paulista Bad Motors, foi formada no final de 2009 por Creck Rocker (guitarra e vocal), Fernando Hate (baixo) e Bruno Pelissari (bateria). Influenciados por rock’n’roll dos anos 50, punk rock do final dos anos 70 e pelo neo rockabilly dos anos 80 os caras detonam muito psychobilly por anda passam. Musicas simples, rápidas e sem frescura, letras que falam de hot rods, pin ups, tattoos, filmes Cult fazem parte de suas composições. A Bad Motors tem duas demos gravadas ao vivo e um EP oficial, chamado “Hot Girls & Fast Cars”, gravado em setembro de 2010. Para conferir o som dos caras, basta estar presente na 14° edição do Psycho Carnival.

DIABLO FUCK SHOW (Rs) – 20:15hs / 20:45hs Pré Party :

psychocarnival21

Formada em janeiro de 2009, a Diablo Fuck Show nasceu com o objetivo de se divertir tocando Country Clássico. Pouco tempo depois, o som Country clássico deu lugar a uma mistura de Hard Core com Country, o que inexplicavelmente agradou e muito aos criadores da banda. A banda apresenta um som Countrycore com grandes influências musicais de Bill Monroe & Blugrass Boys, Dolly Parton, Dropkick Murphys, Flogging Molly, Fabulous Bandits, Hank Williams, Hank Williams III, Hillbilly Rawhide, Johnny Cash, Lester Fiatt & Eael Scruggs, Matanza, Old Crow Medicine Show, The Bloody Irish Boys, The Real Mckenzies entre tantos outros. A Diablo Fuck Show é formada por: Cássio Medeiros (bateria), Bruno Mattos (violão e voz), Rodrigo Dias (baixo) e  Cesar Motta (guitarra).

REVEREND BEAT MAN – 19:00hs / 19:45hs

psychocarnival15 O Reverend Beat-Man não é apenas uma one man band, mas sim, uma missão para a Igreja Blue Trash. com apenas uma guitarra, um bumbo e um chimbau e um reverendo microfone, Beat-Man diz que história é sobre matança, sobre o amor perdido e sobre ver a luz. Isso é uma nova maneira de pregar o Evangelho às pessoas. É tudo muito crú e primitivo, com um monte de blues, Rock’n’Roll primitivo e gospel. E ele prega! acreditem irmãos e irmãs, que ele vai trazer-lo no caminho errado ao vivo e, em seguida, você recebe de volta para a igreja de lixo azuis!

 Domingo . 10/Fev

OVOS PRESLEY (Cwb) – 01:15hs / 02:45hs

psychocarnival3
O nome Ovos Presley surgiu em Curitiba em 1991, de uma proposta simples e despretensiosa de alguns amigos que, entre intervalos de aulas e bebedeiras de final de semana decidiram se reunir como banda para se divertir entre acordes e cervejas, em garagens de amigos ou palcos improvisados de botecos locais. Só em 1993 a banda realmente tomou forma. Em meio à cena Punk e Psycho da cidade, foi se estabelecendo. Atualmente com 19 anos de história, contando com participações em programas de rádio e TV e presença em grandes shows e festivais do RS ao DF e diversas outras vertentes do Rock, Ovos Presley é considerada um dos grandes nomes do Psychobilly nacional. Em 2012 saiu seu segundo disco, “PsychoPunk´a´BillyBoogie”, primeiro trabalho com a formação atual. Ovos Presley é: Ademir Kalha´n´Beck: Vocal, Wallace Barreto: Guitarra, Nei Rodrigues: Baixo e Cidadão Rancor: Bateria.

THE SWAMPYS (Bel) – 23:40hs / 24:40hs

psychocarnival20Bélgica, 1988, surgia uma nova maneira de se tocar psychobilly. Da mesma levada de bandas como Klingonz, Griswalds e Batfinks, o Swampys foi fundamental nas influências daquilo que anos depois fora se chamar do tal de “power psychobilly”, mas ainda assim demonstrando com perfeição que para se fazer um ótimo disco psychobilly não se precisa de letras padronizadas e clichês sobre zumbis, monstrinhos, etc…O som do Swampys é intoxicante, com um contrabaixo preponderante (até rima!), fornecedor de um slap que dá muito gosto de se ouvir. A formação atual conta com “Ced” na guitarra, “Da” na bateria e o mentor “Jo Psycho” no contrabaixo e vocal.

AS DIABATZ (Cwb) – 22:40hs / 23:20hs

psychocarnival1

No verão de 2006/07, três garotas do sul do Brasil notaram que já era hora de montar uma banda de garotas na cena Psychobilly brasileira. Inspiradas pelas bandas clássicas dos anos 80, elas começaram a fazer suas músicas simples e cruas, tentando transmitir essa doença que é o Psychobilly. As Diabatz é formada por Baby Rebbel (Guitarra e Vocal), Killer Klaw (Upright Slap Bass e Backing Vocal) e Clau Sweet Zombie (Stand up Drums & Backing Vocal). Com essa formação lançaram em março de 2009 o álbum “Riding Through the Devil’s Hills” pela gravadora Drunkabilly. Atualmente As Diabatz estão com material novo pronto para ser gravado, mas sem previsão de lançamento. Com alguns registros lançados e com passagens pela Europa, onde fizeram turnê pela Alemanha, Itália, Espanha, Inglaterra, Dinamarca e Suécia, as meninas endiabradas têm destaque garantido no cenário underground brasileiro e mundial.

LOS PRIMITIVOS (Arg) – 21:45hs / 22:25hs

psychocarnival22Grupo RockaBilly de Buenos Aires/Argentina formado no ano de 1988. O Los Primitivos com sua formação clássica de Baixo Acústico/Voz, Guitarra e bateria Stand Up (tocada em pe) é um dos mais tradicionais grupos do estilo da América do Sul. Com diversos shows por grande parte da Argentina; o Los Primitivos é nome certo nos mais importantes e eventos e festivais realizados no país. O trio esteve no Brasil por duas oportunidades, onde marcaram seu nome integrando o cast de importantes festivais, como Be Bop A Lula (Sesc/São Carlos), Porão do Rock (Brasilia) e Psycho Carnival (Curitiba). No momento acabam de lançar seu novo disco, batizado Electric Records.

THE KRENTS (Sp) – 21:00hs / 21:30hs 99

psychocarnival23A THE KRENTS foi formada em 1993. Imagine Charles Bukowski, Nelson Rodrigues, Vincent Price ou José Mojica Marins com suas obras e personagens, servindo de temas para o Rock and Roll. Amor à moda Punk, Rockabilly e Psychobilly elevado às nuvens (escuras e vazando trovões) com sussurros, gemidos e gritos… ou se preferir, sinos, criptas e gargalhadas assustadoras. Com temas que vão do cotidiano enlouquecedor das grandes metrópoles aos pesadelos mais terríveis do inconsciente coletivo, The Krents celebram a diversão acima de qualquer coisa; a malandragem, o humor negro, a linguagem dos quadrinhos e filmes de horror, sacanagens e exageros, tudo isso traduzido num vocabulário pra lá de suburbano, desvinculado dos modismos correntes, de discursos políticos ou religiosos, num som vigoroso e contagiante.

99 NOIZAGAIN (Cwb/Roça) – 20:15hs / 20:45hs

psychocarnival24A 99 noizagain estreou no Psycho Carnival 2012, formada por Mutant Cox (Sick Sick Sinners, Hillbilly Rawhide), Davi (Krappulas) e Emiliano Ramirez ( Sick Sick Sinners, The Mullet Monster Mafia). Os caras gravaram seu primeiro disco em dezembro de 2012 e vão apresentá-lo na edição 2013 do Festival. Nesta formação Mutant faz o vocal utilizando uma linha mais suja e berrada e toca baixo elétrico, enquando Emiliano segue alucinadamente suas linhas de baixo, cheias de marcações interessantes, tudo costurado pelos riffs ácidos de Davi. O som é acelerado, sujo e frenético, praticamente um punk rock com toques psycho.

OS CERVEJAS (Cwb) – 19:00hs / 19:45hs

psychocarnival13

Os Cervejas foram fermentados em 1990, por Vladimir Urban (Guitarra e voz) e Márcio Tadeu (Voz), que ao acabarem um projeto anterior chamado “Os Escroques” – que ainda “tentava” fazer psychobilly, afinal era difícil o acesso às bandas na época, quando a internet ainda era coisa do futuro – se uniram a Eric Thomas e Germano Diedrichs. Depois de diversas formações, sempre tendo Márcio Tadeu e Vlad à frente, chegaram nesta atual, sazonal, que Márcio, Vlad e Mutant Cox. No Psycho Carnival deste ano, talvez se junte a eles um batera a confirmar. A formação que mais tocou junto e compôs e várias “histórias” foi Márcio (voz), Vlad (guitarra), Darwin Dias (baixo) e Germano (bateria).

 Segunda . 11/Fev

DEMENTED ARE GO (UK/Hol) – 01:15hs / 02:45hs

psychocarnival19A “Demented Are Go” é uma banda galesa psychobilly formada em 1982, na cidade de Cardiff. Eles foram um dos primeiros na onda inicial de bandas a misturar punk rock com rockabilly e como resultado, são considerados altamente influentes para a cena psychobilly. O grupo tem mais de setenta músicas para selecionar para um setlist. Como rockabillies são conhecidos como “teds”, a banda costuma dizer que seu nome se originou da frase “Demon Teds Are Go!” – algo como uma adaptação da frase “Thunderbirds are go!” da série de TV Thunderbirds. Com quase trinta anos de turnês ininterruptas pela Europa, Japão e E.U.A, a banda reinventou o gênero adicionando doses de brutalidade e fugindo dos padrões.

KRAPPULAS (Cwb) – 23:40hs / 24:40hs

psychocarnival7Com mais de 17 anos de estrada, os Kráppulas com toda certeza são uma das bandas mais antigas da cena psycho em atividade. Nascidos com o nome de Dráculas Krápulas, são um quarteto primordialmente influenciado pela geração psycho dos anos 80. A banda apresenta boas doses do velho rock’n’roll e muito peso. Apesar de ter trabalhado inicialmente com composições em português, a banda conta hoje como idioma oficial para as suas letras o inglês, por melhor se encaixar ao estilo e permitir maior receptividade internacional. Algumas participações confirmadas em coletâneas deverão ser lançadas ao longo do ano: “Festa do Horror – tributo aos Kães Vadius”, com a música “Depois da meia-noite”, da gravadora Hystereo Records, de SP e NY, e uma compilação em tributo ao Motörhead, da qual a banda participará com a música “Motörhead”. – Formação Atual: Breno – vocal David – guitarra André – baixo acústico Lucas – bateria Os Kráppulas continuam ensaiando com uma nova formação: Lucas faz rufar os tambores, e André Manolo, segundo baixista da banda e amigo dos integrantes a pelo menos dez anos, volta a tocar baixo acústico.

MULLET MONSTER MAFIA (Linda Pira) – 22:40hs / 23:20hs

psychocarnival10

O The Mullet Monster Mafia pode ser considerado uma das maiores revelações da cena independente brasileira. Seus inúmeros feitos e sua curta trajetória, credenciam este quarteto instrumental a ser uma referência com seu vigoroso Power Surf Music. A mistura da Surf Music tradicional, aliada ao poderio sonoro construído por Ed Lobo Lopez (Guitarra), Peter Pedrock (Baixo) e Emiliano Ramirez (Bateria) se tornaram únicos com a inserção das linhas melódicas executadas pelo trompete de JC Molôncio. Seu primeiro registro, Power Surf Orchestra foi lançado durante o Psycho Carnival 2009. A banda fez participações em coletâneas de países da América do Norte/Central e Europa. No momento a banda se preparada para entrar em estúdio e gravar seu novo CD.

SKIZOYDS (Sta Izabel/Sp) – 21:45hs / 22:25hs

psychocarnival17LuíCifer (vocal/batera), Billy Grilo (guitarra/backing vocal) e Alemão Tequila (baixo acústico e backing vocal), são remanescentes da banda Mongolords (1992-1998). Após três anos de ostracismo, formaram em 2001 os SKizoyds e detonam um som rápido, pesado e distorcido, com temáticas de filmes de Terror, Sexo, HQs, Skate, motores, psycho, choppers e todo tipo de demência que exorcise demônios interiores. Já dividiram o palco com: Kães Vadius, Os Catalépticos, Meteors (UK), Cenobites (Holanda), Mad Sin, Chibuku (Alemanha), lançaram 2 CDs-demos e participaram do CD-coletânea “Dance With a Chainsaw”, lançado pelo selo Funeral Music. Atualmente estão lançando o álbum “Trepanação”, tocando e divulgando seu som.

THE PORRES (Sp) – 20:15hs / 20:45hs

psychocarnival18O Quarteto “The PORRES” foi formado em São Paulo em meados de 2007 e já passa pela sua terceira formação. Suas influências são vastas: Johnny CASH , Reverend Horton Heat ,Ray Condo, Hank III ,The Meteors, Demented Are Go!, Batmobile, Koffin Kats, Barnyard Ballers, entre muitos outros. O objetivo da banda é fazem musica com inteligência,conteúdo positivo e proporcionar diversão cultural, tudo regado a muito álcool e sangue jorrando, segundo os próprios. Se divertir, provocar, debochar e bebemorar em shows por todo o país também faz parte do cardápio. Em 2012 a banda lançou seu primeiro disco oficial, intitulado “Dos Males o Pior”. Atualmente o The Porres é formado por: Thiago Taba (violão e vocal),  Johnny Marques (guitarra), David Oliveira (baixo) e Ric Maians (bateria).

O LENDÁRIO CHUCROBILLYMAN (CWB) – 19:00hs / 19:45hs

chucro

Klaus Koti é um artista também conhecido como O Lendário Chucrobillyman. Multi-instrumentista, artista gráfico e multimídia do Brasil, Koti mora em Curitiba, onde articula produções artísticas em diversos formatos e mantém a produção de sua própria arte. Koti mantém uma gravadora independente chamada “Fon-Fon Records e tem outros projetos musicais como a banda folk pós-punk África “Os ​​Penitentes” e sua dupla de Country/blues ” Thee Lo-Hi’s “

Studio Tenda
Proximo Evento

No Banner to display